Cerâmica Mauá – Algumas informações

A Sigla “SPR” abaixo do sol no primeiro modelo de marca significa “São Paulo Railway”, e indica que a produção desta fábrica era escoada através desta ferrovia.  A partir de 1943 sua razão social foi alterada para Companhia Cerâmica Mauá S.A.. A locomotiva no segundo modelo de marca, adotada após a mudança de sócios e razão social, é uma referência à locomotiva “Baroneza”.  As primeiras ferrovias brasileiras foram implantadas pelos ingleses, que tinham por hábito batizar suas locomotivas com nomes de personalidades ou de regiões. Essa tradição repetiu-se no Brasil, tendo início com a locomotiva “Baroneza”, primeira locomotiva a trafegar em solo brasileiro, na inauguração da Estrada de Ferro Mauá, em 30 de abril de 1854. Em 1 de maio se deu a primeira viagem para transporte de passageiros e cargas nesta linha. A locomotiva puxava seus vagões por um trajeto de 18 Km, entre a serra de Petrópolis e o Rio de Janeiro.  A fábrica funcionou de 1916 à 1965. Uma das pouca iniciativas em solo nacional. O curioso destas peças são a decoração. Extremamente originais e longe do padrão europeu de confecção. Algo bastante genuino e ingenuo. Para aqueles que colecionam a cerâmica Mauá gostariamos de indicar o site: www.porcelanabrasil.com.br –  uma referência importante para colecionadores. É um absurdo que ainda não tenhamos um maior registro das nossas manufaturas em um belo livro. O site apresenta uma grande variedade de maracas e estilos. Fotos da marca, peças e seu respectivo ano de fabricação. Tudo muito bem elaborado e informado. Também compartilhamos da iniciativa de informar e apresentar aos colecionadores e aficcionados informações técnicas e datas para que todos possam ter conhecimento e saber o que adquirem.

OBS – A palavra “Porcelana Mauá” na ilustração do Título esta errada. Na realidade é a palavra Cerâmica que deveria estar lá!

 

Grande abraço

Artlivros

2 comentários sobre “Cerâmica Mauá – Algumas informações

  1. Caros, obrigado pela referência ao meu site, mas há informações erradas acima. O Nome da fábrica que usou estas marcas é CERÂMICA Mauá, que era uma outra fábrica, completamente distinta da “Porcelana Mauá”, da CIDADE de Mauá. Além disso, as peças desta fábrica eram de FAIANÇA, e não porcelana.
    abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s