Eleições e livros – Quem tem medo dos livros?

 

Nunca acreditei na politica brasileira. Até porque nossos politicos, em sua maioria, possuem uma formação inconsistente quando se trata de literatura e educação. Como grande parte deles vive perto de escândalos e da corrupção, tão cantada, em verso e prosa, pensei que apenas Monteiro Lobato tivesse erguido a bandeira do “País que se constroi com homens e livros”. Decidi anular o voto para deputado federal nesta eleição. Mas eis que o “acaso” aparece. Um candidato ganha meu respeito e, certamente, ganhara meu voto. Por que? Simplesmente, porque este candidato fala a respeito de livros e da necessidade da leitura como base da nossa evolução social. Porque nem só “Bolsas” e promessas resolvem a situação! O Deputado federal Marcelo Almeida tem um projeto voltado para o problema da falta de difusão da leitura em nosso País. Marcelo Almeida propôs a criação e preside a Frente Parlamentar Mista da Leitura no Congresso Nacional (www.frentedaleitura.com.br). A Frente é hoje a principal referência dentro do Congresso Nacional para todos os assuntos relacionados ao setor do livro. É ele quem está à frente do processo de análise e aprovação de dois importantes projetos de lei de autoria do Executivo: o de criação do Fundo Setorial do Livro, Leitura, Literatura e Humanidade e o que institucionaliza o Plano Nacional do Livro e Leitura. Como “Deputado do Livro”, Marcelo Almeida sugeriu ao Poder Executivo a criação do Programa Cesta Básica do Livro, dentro do Ministério da Educação, para garantir um acervo mínimo de livros às famílias de estudantes do ensino público Fundamental e Médio. Também solicitou informações ao Ministério das Comunicações a respeito da tarifa postal preferencial e reduzida para a remessa de livros pelos Correios, conforme determina a Lei 10.753/03, que institui a Política Nacional do Livro. Bom…depois destas informações, resolvi votar neste cidadão e apoiar através do BLOG esta iniciativa. Só o fato de um deputado federal mencionar esta necessidade e batalhar pelos livros já é razão suficiente para que receba um voto de confiança. Na minha ignorância, desconhecia seu trabalho, mas passo agora, a ser um divulgador das propostas. Como cidadão, Marcelo Almeida também é um promotor da leitura. Desde 2004, mantém o programa “Conversa Entre Amigos” (www.conversaentreamigos.com.br), que possui mais de 1.500 leitores cadastrados em todo o Paraná. É também o organizador do concurso de redações “Conversa Entre Amigos Solidários”, que estimula a leitura de contos de autores paranaenses e a produção de textos junto aos alunos de sete escolas públicas em Curitiba. Os alunos vencedores das redações em cada série ganham um livro de presente e a escola que somar a maior pontuação nas notas das redações ganha R$ 1.500,00 em livros novos para a sua biblioteca. Resolvi escrever este post porque isso é um “ACONTECIMENTO ENORME” neste País de analfabetos e de tanta injustiça social. Até quando meu Deus os livros, a arte, a educação e o bom senso serão “luxos” para a grande maioria? Uma unica criança que receba um livro já tera feito a diferença. Quantas janelas o nobre deputado pode ajudar a abrir para que entre a luz…e desta luz…nasça um País mais solidario, justo e perfeito. Visite o site www.frentedaleitura.com.br e conheça as propostas. Encaminhe sugestões e saiba que não estamos sozinhos nesta utopia chamada “LIVRO”.  Ainda há luz no fim do tunel…

Leia sem moderação! Sempre.

Preste atenção aos candidatos e vote com consciência. E saiba que somente a educação é que tornara este País menos corrupto e mais justo.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s