Algumas curiosidades sobre pintura – Anatomia e pintores

Para alguns pintores a observação e o estudo do corpo humano estavam entre as principais atividades para o desenvolvimento da técnica e sensibilidade artistica. De Rafael Sanzio até Alex Grey podemos encontrar este fascinio. Nos tempos antigos a dissecação pública de criminosos era vista como entretenimento e eraexecutada em toda europa.  As aulas de anatomia eram um gênero de pintura em voga no sec XVII.  Fizeram a fama de pintores do quilate de Rembrandt. Um destes anatomistas, o Dr. Ruysch, ficou imortalizado em algumas telas do pintor holandes. Ruysch realizou mais de 30 dissecações públicas. Da Vinci também buscou nos estudos antômicos a perfeição dos seus desenhos e estudos da figura humana e animal; principalmente os cavalos. Como ele, uma pleiade de pintores do renascimento do norte, registraram em desenhos e gravuras a anatomia humana.  Como toda arte, a história da anatomia mostra não apenas aquilo que é representado, mas também o modo como é visto. Estampas anatômicas dos séculos XVII e XVIII são vívidas ilustrações não só do funcionamento do corpo humano; mostram também a mentalidade de uma época em queainda se esperava que a ciência revelasse os mistérios da criação divina e mostrasse a beleza e a maravilha inerente a todas as criaturas.  Prova de que a arte e a ciência andavam de mãos dadas até o advento da burguesia e o surgimento da “pintura comercial”, mas isto é uma outra historia…

Clique na foto e visite o trabalho do pintor Alex Grey.

MN/Artlivros

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s