Fakes on liveauctioneers – Welcome to the mouse trap!

liveauctioneers_logoThe Internet is responsible for an enormous revolution. Never has so much information and so many objects been available. We can say that art has reached its peak as “commodity” and “investment”. To the point of almost turning into a merchandise in the best style of the canned ones designed by Andy Warhol. There are numerous treatises on art and its unfolding over the centuries. It would be an immense text and a long loss of time to discuss this story. The absurd point of all this evolution is the incredible market of fake objects and sold on internet auction sites. Many do not buy the “idea” or the aesthetic pleasure but rather the “mark”, the signature. In this bunch many end up finding real bargains! But almost always false! Like Renoir’s case on Trump’s wall or more sophisticated copies like the one sold by the famous Sotheby’s auction house.

All this seems to have a magical or cinematic atmosphere but the truth is that many “smart guys” are throwing money away and simply turning the arts market into a huge trash can! Perhaps this is the turning point for art to be more than a profitable business or a criminal underworld asset. One of the most absurd sites is http://www.liveauctioneers.com  a true mousetrap. It has everything! Ming Dynasty, Tang, Renoir, Picasso and everything else you imagine. Almost everything that is sold on this site is fake! Recently a faker admitted in a blog on darknet have sold hundreds of forgeries through this site. Another curious fact about this site is that the “auction house” itself is able to bid and manipulate the price.A recent user of the site has revealed that he has created an account as a seller and another as a buyer.With the buyer account he manipulated the bids. Obviously each one does what understands with money, but to believe that is possible find rarities and masters of painting every day is at least naive!

Are you smart? Bid now!!!!!!

 

For more informations visit:

http://www.liveauctioneerscomplaints.com/

http://bidamount.com/eden-galleries-auction-of-chinese-porcelain-fakes

 

 

 

Anúncios

– Porcelana de Meissen – Marcas e Dicas para reconhecimento –

marcelUma das vantagens da Internet é a chance que temos de difundir e aprender sobre novos assuntos. É possivel o acesso a obras raras e que dificilmente estariam a nossa disposição. Hoje os colecionadores conseguem pesquisar e avaliar melhor suas aquisições com poucos cliques. Obviamente que o desejo de aprender é o combustivel para esta busca. Porcelanas seduzem desde a antiguidade. Reis, Rainhas e Imperadores cobiçavam este tesouro desenvolvido por alquimistas.  Um dos objetivos deste livro é disponibilizar informações para colecionadores e interessados que desejam melhorar suas coleções. A Amazon esta disponibilizando este e-book para Kindles e Ipads. Mostrando as marcas falsas e as que imitam a marca original da manufatura alemã.  O E-book sobre a porcelana de Meissen esta em português. Em breve será lançado a versão em inglês. Ricamente ilustrado com as marcas. Ferramenta util e de grande importância para colecionadores e comerciantes. Em breve a editora pretende lançar outros títulos.

Meissen – Marcas do sec XVIII ao XX

 

Como comprar: Através do site da Amazon Books:  http://www.amazon.com.br/Porcelana-Meissen-Marcas-dicas-reconhecimento-ebook/dp/B00LH3QH7O/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1404821419&sr=8-1&keywords=meissen

Meissen Guia para identificar porcelanas do sec XVIII, XIX & XX

Estamos lançando nosso primeiro guia sobre marcas de porcelana. Este guia traz as marcas utilizadas pela Manufatura de Meissen nos séculos XVIII, XIX  e XX. Extremamente prático, apresenta um breve histórico da Manufatura e as marcas utilizadas. Traz as numerações e marcas divididas por periodo. Desenvolvido para auxiliar profissionais e colecionadores. Há um capitulo dedicado as marcas que imitam ou são “atribuidas” às peças originais.  Edição limitada.

 

Como adquirir: Contate-nos através do e-mail : artlivrosraros@hotmail.com

 Livreiros: contate-nos no e-mail: artlivrosraros@hotmail.com

Formato: 15×11 – ilustrado

  

Meissen – Serial numbers part II – (Números de série séc XIX)

Continuando com as séries da porcelana Meissen, publicamos neste post os números que correspondem de 1850 até 1910. Estes números representam a data de fabricação da peça. Lembramos que as peças originais desta manufatura trazem estes números e letras incisos sobre a massa de porcelana. Nunca impressos, pintados ou decalcados sobre ou acima da glazura (verniz sobre a massa de porcelana). Esperamos que com estas informações os colecionadores, comerciantes e fãs da porcelana alemã aprendam e analisem os seus objetos. Evitando assim as desilusões e “oportunidades” vazias. A partir de 1910 uma nova série foi iniciada. De A.201 até A.300, B.201 até B.300 e por ai vai. Os números de série servem para nortear a época e o estilo da peça produzida. Por exemplo uma peça cujo número seja U.75 não pode ter sido feita antes de 1830.

 Lista de números de séries de 1850 até 1910

A.101 até A.200 – 1850/1853

B.101 até B.200 – 1853/1855

C.101 até C.200 – 1855/1857

D.101 até D.200 – 1858/1860

E.101 até E.200 – 1860/1862

F.101 até F.200 – 1862/1864

G.101 até G.200 – 1865/1868

H.101 até H.200 – 1869/1870

I.101 até I.200 – 1870/1872

J.101 até J.200 – 1873/1875

K.101 até K.200 – 1876/1878

L.101 até L.200 – 1879/1881

M.101 até M.200 – 1882/1883

N.101 até N.200 – 1883/1884

O.101 até O.200 – 1885/1890

P.101 até P.200 – 1891/1894

Q.101 até Q.200 – 1895/1897

R.101 até R.200 – 1898/1899

S.101 até S.200 – 1899/1902

T.184 até T.200 – 1900

U.101 até U.200 – 1904

V.101 até V.200 – 1904/1905

W.101 até W.200 – 1905/1906

X.101 até X.200 – 1906/1908

Y.101 até Y.200 – 1908/1909

Z.101 até Z.200 – 1909/1910

Conheça mais sobre a porcelana de Meissen adquirindo no Amazon o e-book “Porcelana de Meissen – Marcas e dicas para reconhecimento”. Em breve o livro sera lançado na versão em inglês.

Compre o livro: http://www.amazon.com.br/Porcelana-Meissen-Marcas-dicas-reconhecimento-ebook/dp/B00LH3QH7O/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1404822192&sr=8-1&keywords=meissen

Meissen – Números de séries – I parte – seculo XVIII e inicio do XIX (Meissen serial numbers)

Apresentamos neste Post os números de série das porcelanas de Meissen do século XVIII. Estes números, geralmente gravados através de incisão nas peças, trazem a data de fabricação da peça. Obviamente, que estes números foram elaborados pela própria Manufatura para controlar e retificar a procedência. Lembre-se que nunca estes números são pintados, decalcados ou impressos. Através deles fica mais fácil  determinar a época e estilo. É  provavel que as falsificações e peças produzidas por outras manufaturas, no estilo meissen, não tragam estas informações. Algumas peças produzidas no século XIX, pela própria Meissen, revivendo o estilo rococó do XVIII apresentam estas marcas. Iniciaremos com as séries de 1765 a 1865. Clique na foto, ao lado, e compre no site da Amazon o livro com as marcas e dicas para reconhecimento da Porcelana de Meissen.

A1 até A.100 – 1765

B.1  até B.100 – 1766/1767

C.1 até C.100 – 1768/1770

D.1 até D.100 – 1770/1771

E.1 até E.60 – 1772/1774

E.61 até E.100 – 1774/1776

F.1 até F.100 – 1776/1778

G.1 até G.100 – 1779/1781

H.1 até H.100 – 1782/1785

I.1 até I.100 – 1786/1787

J.1 até J.100 – 1787/1789

K.1 até K.100 – 1789/1795

L.1 até L.100 – 1795/1805

M.1 até M.100 – 1805/1813

N.1 até N.100 – 1814/1818

O.1 até O.100 – 1818/1821

P.1 até P.100 – 1822/1825

Q.1 até Q.100 – 1825/1827

R.1 até R.100 – 1827/1829

S.1 até S.100 – 1829/1831

T.1 até T.183 – 1831/1833

U.1 até U.100 – 1833/1834

V.1 até V.100 – 1834/1835

W.1 até W.100 – 1836/1842

X.1 até X.100 – 1843/1847

Y.1 até Y.100 – 1847/1849

Z.1 até Z.100 – 1849/1850

 

 

 

 

 

 

 

A letra “F 1” indica o periodo – 1776/1778 (Marcolini).

Viena – Marcas

 

 

Porcelana Viena – Marcas e épocas

A Manufatura Vienna,  foi a segunda criada na europa. Fundada em 1717 por Claudius Innocentius Du Paquier. Baseado em suas pesquisas pessoais e embalado pelas criações da Meissen resolveu colocar em pratica seus estudos e técnicas. A fabriqueta enfrentou tempos dificeis no inicio . Problemas economicos e falta de empregados. 1718 – 1744  é conhecido como “Du Paquier”  ou “Vienna antes da marca”. Até 1730 produziram muitas peças no estilo meissen, imitando a porcelana chinesa antiga.  Atente para este detalhe: Muitas peças deste periodo foram feitas no estilo e marcadas com as marcas imperiais chinesas.  A partir de 1731 a Vienna passou a produzir peças no estilo barroco, ainda sem a marca da fabrica.

Em 1744, Du Paquier, vende a fabrica para a Imperatriz Maria Thereza. Inicia-se então o “state period”. Iniciando o uso do escudo como marca da Vienna. O brasão de armas da Austria é então utilizado na marca.  Até 1749 a marca é produzida em vermelho ou azul. Sob o verniz  ou marcada, através de incisão, nas peças.  Após 1827 as marcas são feitas em azul e sob o verniz ou glazura.  De 1827 até 1850 a marca “cega” reaparece e é utilizada. Durante o “state period” a fabrica dá uma parada em 1760. Após 1760 há uma transição entre as peças barrocas para o neoclassico  na maneira de Sevres.  Neste periodo a manufatura de SEVRES ditava regra na europa e era muito imitada pelas demais marcas. De 1750 a 1780 esta o melhor periodo da VIENNA. As peças eram produzidas para a corte e traziam o brasão real sob a glazura em azul. Após um periodo de sucesso a marca decaiu e foi colocada à venda em 1784. Adquirida por Konrad Sorgenthal. Empresario do ramo Textil na cidade de Linz.  As criações da Vienna foram dominadas pelo neoclassicismo. Este periodo ficou conhecido como “Sorgenthal”  1784-1805 . Neste periodo foi adicionado data junto da marca. Sorgenthal morreu em 1805. Até 1820 a Vienna continuou sua produção sem muitas evoluções.  A manufatura acabou sua produção em 1864. Foi o fim de uma era.

No Próximo Post estaremos colocando as marcas que imitam VIENNA.

Você encontra livros sobre porcelana na nossa estante: www.artlivros.estantevirtual.com.br

 

 

Sevres III – Sistema de datas

Comentamos, em um post passado, o sistema de datas da Porcelana Sevres. Aproveitamos para colocar esta tabela relacionando datas e letras. Atente para dois macetes: As letras QQ (1794) e RR (1795) tem sido encontradas em algumas peças, porém elas não são autorizadas pela SEVRES.  Date Letter marks, como são chamados os códigos, aparentemente não foram utilizados entre 1795 e 1801. Outro detalhe importante. Repare bem nas marcas. A marca com a coroa acima da letra U significa “HARD PASTE”. Ou seja, significa que a porcelana utilizada é uma porcelana de consistência dura. Como a maioria das porcelanas alemãs. A porcelana “SOFT PASTE”, sem a coroa acima, e com a letra “A” dentro do medalhão, é feita de uma porcelana de pasta mole. O que é isso? É uma porcelana mais “suave”. Se voce observar um pedaço dela, podera notar que ela parece um chocolate aerado. Cheia de furinhos. Já a pocelana de pasta dura é lisa e cortante. No próximo Post vamo falar dos reinados. Iniciando no periodo de Charles X, 1824 – 1830. Lembrando que pesquisamos alguns autores para trazer as informações. Neste post a ajuda veio de Ralph e Terry Kovel.

Voce encontra livros sobre sevres no site: www.artlivros.estantevirtual.com.br